9 de julho de 2015

ANTT autoriza aumento em viagem rodoviária de longa distância

Por: 

Quero Passagem

Vai visitar parentes em outro Estado, ou comprar as passagens rodoviárias com antecedência para aproveitar as férias do filhão longe de casa? Então é preciso planejar mais do que nunca para não gastar mais do que está previsto para a viagem. De acordo com autorização da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), o preço de passagens rodoviárias para linhas interestaduais e internacionais está 7,7% mais caro a partir do segundo semestre deste ano. Com o aumento pouco divulgado, os custos para quem vai e volta pode sair do orçamento se a conta não for planejada, principalmente quanto o trajeto é superior a seis horas de viagem. Os reajustes para esse tipo de linha rodoviária são praticados uma vez no ano, segundo o que determina a Resolução nº. 1627/2006, da ANTT.

Nesta ocasião, o aumento calculado pelo Índice Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que serve de meta para a inflação oficial do País, vai ajudar as empresas rodoviárias se manterem ativas depois de tantos aumentos apresentados nos combustíveis, em peças de manutenção, equipamentos e reajustes salariais. A má notícia é que o aumento deste ano chega quase dobrar com o que foi cobrado no ano passado. Além de ficar atento com a diferença tarifária a partir de julho, quem embarca em ônibus para trajetos interestaduais semiurbanos, com percurso de até 75 quilômetros deve se certificar de que não irá pagar pelo aumento. No mesmo período do ano passado, a ANTT liberou o aumento de 4,792% no valor dos bilhetes rodoviários vendidos pelas auto viações.

Passagens interestaduais estão mais caras.

Passagens interestaduais estão mais caras.

São Paulo
Na capital de São Paulo, o transporte de passageiros ficou ainda mais caro. O aumento para veículos rodoviários é de 10,53% enquanto os suburbanos está 13,4% mais caro. O aumento não é válido para as linhas da Região Metropolitana da cidade. De acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), faz mais de um ano que o valor do bilhete não sofre reajustes. O serviço rodoviário é destinado às viagens com embarques em terminais e venda de bilhetes através de agências.

assine nosso feed

compartilhar