8 de março de 2021

Dia Internacional da Mulher

Por: 

Quero Passagem

Categorias
Dia Internacional da Mulher Hoje é o Dia Internacional da Mulher e essa data foi comemorada na década de 1970 e oficializada pela Organização das Nações Unidas. A data representa a luta histórica das mulheres para incluírem suas condições equiparadas às dos homens. No início, a luta era pela reivindicação por igualdade salarial, porém hoje em dia, ela simboliza para mulheres o empenho contra o machismo e a violência. Este dia não é voltado simplesmente a homenagens comuns às mulheres e sim a um convite à reflexão sobre como a nossa sociedade trata essa situação. Isso vale para o convívio afetivo, familiar e social quanto para as questões conexas ao mercado de trabalho. Em homenagem ao dia 8, nós juntamos algumas mulheres pioneiras no Brasil e no mundo, em suas áreas distintas. Mulheres excepcionais que reforçam o pensamento da QueroPassagem: “Lugar de mulher é onde ela quiser”. Malala Yousafzai Malala ficou conhecida no mundo com 15 anos, após ser baleada na cabeça por talibãs ao sair da escola em outubro de 2012. Seu crime foi se manifestar contra a proibição dos estudos para as mulheres em seu país. Ela nasceu no Paquistão e pela sua luta para garantir o direito à educação das mulheres, acabou se tornando a pessoa mais jovem a ganhar o Prêmio Nobel da Paz, com apenas 17 anos. Wangari Maathai A ambientalista Wangari Maathai nasceu no Quênia e é um dos maiores nomes da conservação ambiental da Terra e a primeira mulher africana a receber o prêmio Nobel da Paz, no ano de 2004. Nasceu em 1940 e criou o Green Belt Movement, uma organização não governamental ambiental concentrada em plantação das árvores, conservação ambiental e direitos das mulheres. Léa Aguiar Nascida em 1928 no Rio de Janeiro, Léa decidiu fazer história. Casada com o dono de uma companhia de transporte de passageiros, ela convenceu sua família de que estava destinada a ser a primeira mulher a dirigir um ônibus no Brasil. Assim como todas as mulheres que quebraram barreiras, ela precisou enfrentar preconceitos, mas conseguiu esse fato. O dia 8 de março é um dia para reflexão a respeito de toda a desigualdade e a violência das mulheres no Brasil e no mundo. A QueroPassagem espera que todas continuem conquistando seu espaço nas esferas da sociedade!

assine nosso feed

compartilhar