2 de julho de 2014

Julho começa com aumento no preço de passagens de ônibus

Por: 

Quero Passagem

O segundo semestre de 2014 para passageiros de ônibus que reservam passagens de ônibus entre Estados brasileiros e viagens internacionais vai ficar mais caro.
De acordo com uma resolução autorizada pela Agência Nacional  de Transportes Terrestres (ANTT), o preço de passagens já está reajustado em 4,792% para viagens rodoviárias de longa distância.
O aumento, portanto, só compromete o coeficiente tarifário das empresas de ônibus interestaduais e internacionais. A ANTT publicou a nova resolução no dia 27 de junho, no “Diário Oficial da União”.
No documento consta o aumento tarifário para categoria semiurbana de passageiros que viajam pelo Brasil em ônibus de turismo, com determinação em ato específico.

Para saber quanto determinada passagem rodoviária vai subir, o usuário precisa multiplicar o coeficiente tarifário, que corresponde ao tipo de serviço escolhido, com os quilômetros a serem percorridos. Segundo a ANTT, no caso de transportes interestaduais que oferecem serviço com sanitário a bordo, leito e outros tipos de pavimento podem chegar a somar um coeficiente de 0,141516.
Consciente do valor tarifário disponibilizado em tabela, é possível multiplicar a distância que o veículo se deslocará para chegar ao destino final, sem esquecer o tipo de pavimento e do serviço rodoviário contratado.

Para evitar complicações, a dica é nem querem somar esses valores, já que a própria agência reguladora explica que ainda fazem parte da composição do valor das passagens, a tarifa de embarque específica do terminal rodoviário, o ICMS estadual incidente sobre a tarifa e o rateio do pedágio por passageiro.
Mesmo com o reajuste, especialistas em transportes rodoviários acreditam que essa proporção de aumento não deve ser sentida pelo bolso dos brasileiros. Essa porcentagem é pequena para ser percebida no valor de um bilhete rodoviário que tem média de preço de R$ 200. O reajuste deve ser o único aplicado pelas empresas de ônibus até o ano acabar.

Imagem:PortalUOL

assine nosso feed

compartilhar