Passagens de ônibus de Bragança Paulista para Icó

CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Não exitem dados para este filtro no momento.

Passagens de Bragança Paulista para Icó

Foto Cidade
Foto Cidade

« Saindo de ônibus rodoviário de Bragança Paulista

A Estância Climática de Bragança Paulista possui pouco mais de 158 mil habitantes, tem esse título devido ao grande potencial de águas que possui a região, fazendo parte do circuito das águas juntamente com Atibaia e Itatiba. Está localizada em uma região de fácil acesso com rodovias em ótimo estado de conservação, a 88 km da capital paulista. Com suas ruas bem organizadas e praças de encher os olhos, a cidade se desenvolveu, mas não perdeu a simplicidade das cidades interioranas, cheias de charme e prontas para acolher todos de braços abertos.

Com uma culinária que agrada todos os paladares, os restaurantes são ótimos atrativos gastronômicos para quem gosta de apreciar boas comidas. O município faz divisa com as cidades: Atibaia, Itatiba, Jarinú, Morungaba, Pedra Bela, Pinhalzinho, Piracaia, Tuiuti e Vargem. Locais para onde partem muitos dos moradores diariamente a trabalho, estudos ou a lazer. As viagens de ônibus na região são muito frequentes. Devido a isso, as companhias rodoviárias vêm investindo cada vez mais em segurança e conforto fazendo com que os momentos na estrada sejam prazerosos. Uma ótima pedida para quem pretende aproveitar os feriados fora de Bragança Paulista.

« Chegando de ônibus rodoviário de Icó

A RODOVIÁRIA DE CHEGADA

O terminal rodoviário de Icó oferece adaptações especiais para receber passageiros com mobilidade reduzida, além de contar com serviços de Guarda-Volumes, Achados e Perdidos, lojas comerciais e sanitários para homens e mulheres.

 

TRECHOS EM CONEXÃO

A rodoviária de Icó oferece viagens de ônibus regulares para diversos municípios do Brasil, entre eles: Salvador (BA), Goiânia (GO), Petrolina (PE), Fortaleza (CE), Campina Grande (PB). Além de conexões diretas até a rodoviária Tietê, em São Paulo.

 

ATRAÇÕES EM ICÓ

Entres as serras de Cafundó, em terras de etnias tapuias, foi fundado um pequeno arraial, a beira do Rio Salgado, para servir de entreposto e área de descanso aos tropeiros em trânsito que abriam caminhos pelas caatinga para ocupar o sertão. Assim nasceu Icó, esse município próximo à divisa do Ceará com a Paraíba. O vilarejo recebeu primeiramente o nome de “Arraial do Poço”, e à medida que ia prosperando, trocava de nomes, Povoação do Salgado. Arraial da Senhora do Ó, Arraial Velho, Ribeira dos Icós, Arraial Novo e, finalmente, Icó. Prosperou muito durante o “Ciclo da Carne” por estar situado nas rotas das tropas que levavam a carne para a secagem em Aracati. Tornou-se junto com Sobral e Aracati, os três principais municípios do Estado. A memória desse período áureo da cidade está registrada no rico sitio arquitetônico da região central da cidade, com belas edificações coloniais muito bem preservadas, que convidam os turistas a uma viagem ao passado. Nos dias de hoje, Icó perdeu relevância, é um munícipio de economia agropecuária, com uma baixa presença de indústrias. A manufatura de redes, bordados e chapéus de palha é o destaque, marca brilhante presença entre os itens mais festejados do artesanato nordestino.

TRAJETOS MAIS PROCURADOS

QueroPassagem.com.br Internacional:
Quero Passagem Brazil Bus Travel