25 de julho de 2022

Ô humano! Também posso ir no busão?

Por: 

Quero Passagem

Categorias

Se você tem pets já sabe: viajar sempre foi sinônimo de saudades do seu filho de quatro patas, não é mesmo? Porém, temos ótimas notícias.

Ô humano! Também posso ir no busão?

Você sabia que esse cenário está mudando e cada vez mais as companhias rodoviárias estão flexibilizando as suas leis de transporte de animais para receberem os peludos em seus serviços? É isso mesmo! Apesar de existirem regras específicas, todos nós temos o direito de levarmos nossos bichinhos para onde quisermos. Se você quer planejar uma viagem de ônibus com o seu pet e precisa tirar todas as dúvidas sobre vacinações, documentos e exigências veterinárias, a Quero Passagem te ajuda nisso!

REGRAS GERAIS PARA VIAJAR DE ÔNIBUS COM ANIMAIS Viajar de ônibus com os bichinhos de estimação pode parecer complicado e cheio de burocracias, mas não é. Seguindo os pré-requisitos básicos e algumas regras, esse passeio pode ser mais fácil do que você imagina. Abaixo listamos as principais exigências para que o pet possa embarcar com você. Vamos lá?

*Caixa de transporte de animais é obrigatória* Primeiramente, é importante que você saiba que o transporte de animais em uma viagem de ônibus precisa ser feito em uma caixa específica para esta finalidade. Dessa forma, o seu bichinho deverá ficar alocado no objeto durante todo o trajeto a ser percorrido, não sendo permitido retirá-lo de maneira nenhuma. Vale explicar que cada companhia de transporte possui as suas próprias regras quando o assunto é o transporte de animais. O tamanho padrão da caixa transportadora é de 20 cm de largura, 25 cm de altura e 40 cm de comprimento, garantindo assim total conforto para o pet sem incomodar os outros passageiros que estão no mesmo veículo. Ah, vale frisar que o acessório deverá ficar abaixo do seu assento, sendo proibido mantê-lo no corredor ou em uma poltrona — a não ser que o proprietário pague pelo banco.

*Vacinação sempre em dia* É imprescindível que o bichinho esteja com as imunizações e com a saúde em dia. Antes de cair na estrada, o passageiro deverá apresentar carteira de vacinação atualizada e comprovantes da aplicação das vacinas antirrábica e polivalente.

*Atestado de saúde é exigido* Outro documento solicitado é um atestado de saúde assinado pelo médico veterinário, que garanta que o pet está em ótimas condições físicas. Essa declaração possui um prazo de validade curto e deverá ser emitida em até, no máximo, 15 dias antes da viagem.

Além destes 3 pontos obrigatórios para todas as espécies, para cães e gatos serem transportados eles devem ser de pequeno ou médio porte, pesarem até no máximo 10 kgs e não pertencerem a raças ferozes que coloquem em risco a segurança do veículo. Apenas no caso dos cães-guia não há limite máximo estabelecido para a pesagem do animal. E dessa forma, independentemente do tamanho que ele apresente, poderá ser embarcado.

COMO GARANTIR A HIGIENE DO ANIMAL EM UMA VIAGEM DE ÔNIBUS Independentemente do pet, é imprescindível que a higiene seja garantida e preservada. Como já mencionado acima, você pode levar cachorro na viagem de ônibus — assim como diversos outros animais —, mas para que seja harmônico deve-se sempre preservar o conforto dos demais viajantes também. Portanto, aproveite as paradas que o ônibus faz para que o seu bicho de estimação beba água, se alimente e faça as necessidades. Para os cães, use este intervalo para permitir que ele também caminhe e estique as patas, ok?

E aí, deu vontade de pegar o seu bichinho de estimação e cair na estrada? Aproveite para baixar o aplicativo da Quero Passagem e encontrar diversos destinos em todo o país!

assine nosso feed

compartilhar